sábado, 19 de outubro de 2013

Comprar roupa em tempos de crise

Nestes tempos difíceis que atravessamos, o dinheiro não abunda para comprar roupa. Penso como viverão os viciados em compras, que têm de estar sempre vestidos de acordo com o último grito da moda, e que gostam de renovar o seu guarda-roupa todas as estações. Para mim, que não ganho muito, tenho consciência que o dinheiro não dá para tudo e só compro mesmo quando preciso, apesar de me custar muito...
Estive, então, a pensar em soluções para as mulheres poderem comprar roupa, e não gastar muito dinheiro. Deste modo, deixo-vos algumas ideias:

- Aproveitar os saldos/promoções: 

Este truque ainda pode ter maior sucesso quanto mais perto do fim dos saldos/promoções, pois os descontos aumentam e podes encontrar verdadeiras pechinchas nestas ocasiões. Por exemplo, eu consegui comprar uma camisa de noite na Intimissimi a 6 euros!

- Preferir peças de roupas simples:

Geralmente, há sempre uma parte das lojas com uma oferta de roupa mais simples, os básicos, a preços reduzidos, e que ficam sempre bem. Eu tento dar sempre uma olhada nesta zona.

- Comprar roupa em hipermercados p.ex.: 

A roupa pode não ser de tão boa qualidade como nas lojas de marca, mas há que admitir que ainda se encontram algumas peças de roupa bonitas e elegantes, bem como acessórios, na Secção de Roupa do Continente ou do Jumbo. O Pingo Doce, apesar de não ser um hipermercado, também criou uma linha de roupa, a conhecer nas lojas New Code.

- Espaços Outlet: 

Estou a referir-me, nomeadamente, ao Freeport, ao Campera, ao Centro Comercial de Odivelas, onde se encontram várias lojas outlet, ao novo espaço em Benfica de Outlet da Fashion Clinic, a  uma loja outlet em Leiria da Armag Jeans, e existem algumas lojas em Lisboa pouco conhecidas, que sugiro a visita.

- Sites da Internet:

A internet é um mundo e, por isso, aqui podes encontrar muita diversidade de lojas on-line, que apresentam apreciáveis descontos e, ainda, podem conter um espaço outlet, que é, sem dúvida, de aproveitar.
Exemplos de lojas-online: La Redoute, Venca, ClubFashion, Showroomprive, Marca 10.

- Ir à feira: 

Em Lisboa, há muitos locais a considerar, a qualidade aqui não prevalece, mas compensa em termos de preço: temos a feira de Carcavelos, a feira da Ladra, ou a feira de Monte Abraão.

- Lojas dos chineses

Como no anterior ponto, o que interessa é poupar algum dinheiro, e não se perde nada em dar uma espreitadela às lojas dos chineses. Em Alfragide, existe uma grande loja, com parque de estacionamento próprio, onde se pode encontrar um pouco de tudo.


Quem quiser acrescentar mais ideias, são bem-vindas.

Sem comentários:

Enviar um comentário